04 de Outubro - SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Francisco nasceu em Assis, na Úmbria (Itália) em 1182.Um jovem rico e vaidoso, que se tornou o mais pobre dos santos e o mais santo dos pobres. Com 24 anos, renunciou a toda riqueza para desposar a “Senhora Pobreza”.

Aconteceu que Francisco foi para as cruzadas como cavaleiro, mas antes de chegar aos campos de batalha adoeceu. Durante sua recuperação, ouviu e obedeceu a voz do Senhor que lhe dizia: “Francisco, a quem é melhor servir, ao mestre ou ao criado?”. Ele respondeu que ao mestre. “Porque, então, transformas o mestre em criado?”, replicou a voz. "Volte para casa, Francisco. Sua glória será muito maior do que aquela encontrada em um campo de batalha".


No início de sua conversão, viveu como eremita e na solidão, quando recebeu a ordem do Santo Cristo na igrejinha de São Damião: “Vai e restaura a minha igreja que está em ruínas”.

Partindo em missão, espalhando a paz e o bem, seguiu com perfeita alegria o Cristo pobre, casto e obediente. No campo de Assis, escolheu uma pequena capela dedicada a Santa Maria dos Anjos como o seu lugar predileto. Na primavera do ano 1200 já não se encontrava só; tinham-se unido a ele alguns seguidores que pediam também esmola, trabalhavam no campo, pregavam, visitavam e consolavam os doentes. A partir daí, Francisco dedica-se a viagens missionárias: Roma, Chipre, Egito, Síria, Marrocos… Peregrinando até aos Lugares Santos ensinando com o seu exemplo a simplicidade do Evangelho.

Em 1223, foi a Roma obter a aprovação de uma Regra do Santo Padre, pois o número de seus seguidores cresceu e havia a necessidade de se organizar perante a Santa Madre Igreja, nascendo assim a sua primeira ordem: os Frades Menores. Nos últimos anos de sua vida, recebeu no Monte Alverne os estigmas de Cristo.

Já enfraquecido pelas doenças e dores dos estigmas, São Francisco de Assis, rodeado pelos seus filhos espirituais recebe a visita da irmã morte deitado sobre o chão frio de terra na noite de 3 de outubro de 1226.

Dois anos mais tarde, foi canonizado pelo Papa Gregório IX em 16 de julho de 1228.

São Francisco de Assis, rogai por nós!

Comentários